A Phala

Archive for abril \23\UTC 2014|Monthly archive page

Estilhaços, lâminas, sangue

In Poesia Inédita Portuguesa, Uncategorized on 23 de abril de 2014 at 14:11

K_VIDR_LRO vidro será a minha matéria.

O vidro (mas qual, de tantos?) será também a minha não-matéria, porque ele deixa ver, à transparência, e apagando-se a si próprio, a matéria (sacrifício do vidro, para deixar ver, tornando-se invisível).

Exactamente aí, então, o vidro que me interessa: entre aparecer e desaparecer. Continue lendo »